Archive for the ‘Nacional’ Category

Os irmãos Bá e Moon publicam quadrinhos sobre os protestos em São Paulo

junho 18, 2013

Os SuperGêmeos Gabriel Bá e Fabio Moon postaram em seu blog um breve quadrinho sobre os recentes protestos em São Paulo. Embora um tanto bairristas, os quadrinhos chamam seus leitores as ruas. E os reproduziremos aqui com este mesmo intuito.

 

Fábio Moon

9063648300_86ff8028c4_z 9063648170_bccca08ca9_z

 

 

Gabriel Bá

9061422173_f4b61b50a3_c 9061421789_bd080db2ae_c 9063650698_693e78aa01_c 9063650418_62413caf4c_c

 

 

Conheça mais no blog dos autores: http://10paezinhos.blog.uol.com.br/

Lima mostra o que é o projeto GAZZARA

dezembro 2, 2012

 

Lançamento da nova Entre Quadros!

dezembro 5, 2011

 

Largue tudo que estiver fazendo no Sábado dia 17 e venha para a Kingdom Comics a partir das 16 horas para uma tarde de autógrafos especial com o Quadrinista Mário César no lançamento de uma nova edição de EntreQuadro: Círculo Completo.

”Deveria ter um botão de reset aqui dentro.” E se não fosse possível esquecer um
grande relacionamento? E se a memória desse amor interrompido impedisse você
de seguir adiante? É a partir dessas questões que se faz a narrativa em quadrinhos
EntreQuadros – Círculo Completo, nova graphic novel do quadrinhista Mário César
(EntreQuadros – A Walk on The Wilde Side, Pequenos Heróis).
A trama é centrada no psicanalista Freuderico, que se depara com essas questões
após ficar fisicamente distante de sua amada Martha. Então, surge em sua vida Karina,
que pode ser a terapia de que ele precisa, tendo como divã a cidade de São Paulo,
mais que um cenário, quase um personagem, com sua vida noturna e cultura pop
diretamente envolvidas na vida de Freuderico.
O círculo se completa sempre? Há como resetar um grande amor e uma grande perda
para começar de novo? É sobre isso que versa Mário César, em sua melhor forma,
na EntreQuadros – Círculo Completo, com um pano de fundo repleto de fantasia, amor,
perdas e recomeços.
Mário César é autor e editor de histórias em quadrinhos e chargista do Jornalistas
& Cia da Mega Brasil Comunicação. Também atua como ilustrador e designer gráfico.
Coeditou, ao lado de Estevão Ribeiro, o álbum Pequenos Heróis, vencedor do
Troféu HQ Mix de Publicação Infanto-Juvenil de 2010. Já foi organizador e colaborador
da Front, uma renomada antologia de HQs nacionais e desenhou para a premiada revista
independente Nanquim Descartável.
A Balão Editorial organiza publicações próprias de textos de interesse das áreas
de ciências humanas, literatura e quadrinhos. Estreou em janeiro de 2010 com o livro
Hector & Afonso – Os Passarinhos. De lá pra cá já publicamos mais diversos títulos,
sendo a EntreQuadros – Círculo Completo nosso mais novo lançamento.

Novidades Quentes do Reino dos Quadrinhos! 04/04

abril 4, 2011

– Vejam o novo trailer da nova série dos Thundercats!

Neste fim de semana ocorreu nos EUA a WonderCon, e com direito a muitos lançamentos bombásticos, como o já postado aqui trailer do Lanterna Verde. E falando em trailer, confira abaixo o trailer da nova série animada dos Thundercats que foi exibido na WonderCon!

Thundercats Ho!

– Veja a abertura do anime dos X-men!

Estreou nesta sexta feira no Japão a nova animação dos X-men. Enquanto ainda não tem imagens da série disponível, você, meu caríssimo leitor, pode refrescar sua curiosidade com a abertura da série disponível abaixo:

E, não é que a abertura tem espaço para algumas surpresas?

Duas palavras: Fênix Negra!

– Warren Ellis escreverá Secret Avengers!

Outro anúncio de peso que ocorreu na WonderCon é a de que o escritor Warren Ellis vai assumir o título Secret Avengers após o mês .1 da Marvel.

O escritor que dispensa apresentações (mas caso você seja novo por aqui, escreveu Transmetropolitan, Authority, Planetary, Nova Onda, Frequência Global e ínumeros outros títulos com gosto de quero mais, muito mais!) vai trabalhar em Secret Avengers em um esquema bem familiar em seu trabalho: cada edição vai conter uma história fechada e desenhada por um artista convidado. A primeira edição vai ser desenhada por Jamie McKelvie (Phonogram).

Confira o preview abaixo:

– Revista Total Film publica capas retrô com X-men First Class!

A revista de cinema Total Film foi lançada esta semana com 3 capas variantes. As capas, versões retrô das revistas Vogue, Squire e Time, são dedicadas aos personagens principais do filme X-men First Class, respectivamente Rainha Branca, Magneto e Professor X.

Confira as capas abaixo:

 

 

– Punk Rock Jesus: Graphic Novel de Sean Gordon Murphy vai ser publicada pela Vertigo!

Você provalvemente não vai lembrar deste nome: Sean Gordon Murphy.

Mas este é o nome de um dos mais talentosos artistas de quadrinhos a trabalhar nos EUA. Um Artista com tanta versatilidade e competência que, sem ele, a revista Joe The Barbaria não teria  o mesmo sucesso (mesmo sendo escrito por Grant Morrison).

Agora o artista está trabalhando em dois projetos para a Vertigo. Uma mini-série de American Vampire que se passa na Segunda Guerra Mundial e terminando seu projeto pessoal, a graphic novel Punk Rock Jesus, para ser publicado pela editora.

E acordo com o autor, esta é a sinopse da revista: “Uma mega corporação televisiva criou um reality show sobre Jesus clonando seu corpo com as células encontradas no santo sudário levando grupos díspares, como religiosos; cientístas que condenam a clonagem e políticos que temem que o garoto se torne presidente quando crescer a confrontarem a si mesmos e a emissora. O show é cancelado quando o menino Jesus tem um colápso nervoso após sua mãe ser retirada do show devido a baixos índices de audiencia. Ele foge, mas não sem antes afirmar em rede nacional que é um Ateu! Ele então monta uma banda punk chamada The Flack Jackets. Toda história é contada do ponto de vista de seu segurança, enquanto se recorda de seu tempo lutando no IRA contra um outro tipo de controle.”

Jesus se assumindo ateu em rede nacional. Fiquei curioso.

Vejam algumas imagens da bela arte abaixo:

– Confirmado – Steve Rogers volta a ser o Capitão America nos quadrinhos!

Steve Rogers volta a assumir o manto de Capitão America… já era esperado…

Ed Brubaker volta a assumir o título em seu relançamento… também já era esperado…

Steve McNiven, astro que proporcionou as belas artes de Guerra Civil e Velho Logan, vai ser o novo artista da série… EITAPORRA! Agora isso não foi esperado. Tanto não foi que este notícia não foi divulgada na WonderCon, ou no forum da Marvel. Este spoiler foi dado pelo New York Daily News.

Abaixo estão as 3 capas do relançamento. Mas me ficou uma dúvida. Foi anunciado anteriormente que haveria uma capa de Travis Charest. E a capa que foi creditada ao desenhista interno Steve McNiven se parece MUITO com o traço de Charest…


– Dc anuncia especiais Retro-active!

Ganhar dólares dos saudosistas da Era de Prata não é mais o bastante para a Warn… DC!

No painel da DC comics da WonderCon foi divulgada uma série de especiais One-shots entitulados Retro-Active. Cada especial vai revisitar uma época dos personagens, tudo com uma logotipo saudosista e tudo mais. As eras revisitadas serão os anos 70, 80 e 90.

Embora apenas as imagens das logo foram divulgadas, a lista dos especiais e sua equipe criativa já está fechada:

Os especiais do Super-homem serão escritos por: Martin Pasko (‘70s), Marv Wolfman (‘80s) e Louise Simonson (‘90s).

Os especiais da Mulher Maravilha serão escritos por: Dennis O’Neil (‘70s), Roy Thomas (‘80s) e William Messner-Loebs (‘90s).

Os do Flash serão escritos por Cary Bates (‘70s), William Messner-Loebs (‘80s) e Brian Augustyn (‘90s).

Os da Liga da Justiça serão por Cary Bates (‘70s), Gerry Conway (‘80s) e Keith Giffen e J.M. DeMatteis (‘90s).

Os escritores dos especiais do Lanterna Verde serão Dennis O’Neil (‘70s), Len Wein (‘80s), e Ron Marz (‘90s).

E escrevendo os especiais do Batman estão Len Wein (‘70s), Mike W. Barr (‘80s), e Alan Grant (‘90s).

Cada edição será acompanhada por uma republicação de uma história da época. Confiram as logos retrô abaixo:

– IDW lança Artist Edition do Thor de Walter Simmonson!

Em um acordo inédito na industria dos quadrinhos, a IDW negociou com a Marvel Comics para lançar uma edição Artist Edition do lindo trabalho de Walter Simonson em Thor.

Criado pela editora para homenagear o trabalho de Dave Stevens e seu Rocketeer, o formato Artist Edition é um volume de quadrinho imprimindo as artes originais dos artistas em seu tamanho natural, com direito ao lapis azul do esboço, nanquim por cima e concertos com tinta branca. Ou seja, páginas e mais páginas de arte em estado bruto.

Confiram a capa da edição abaixo:

– E para fechar, Ivan Reis confirmado como desenhista no título novo de Aquaman com Geoff Johns ´nuff said!

Ninguém me convidou

fevereiro 10, 2011

Ninguém me convidou é resultado da parceria de Allan Sieber com seu pai, Jouralbo Sieber. Os dois se uniram para recontar histórias e casos da vida de Jouralbo, desenhista da publicidade gaúcha dos anos 1940 até 1990.

‘Hoje, vejo claramente que, além de querer contar a(s) história(s) dele, eu queria fazer esse livro para ficar ao lado do meu pai e ouvi-las. […] Vendo suas histórias reunidas aqui sou obrigado a concluir que ele me influenciou muito mais do que eu imaginava.

Nossa vida não daria um filme hollywoodiano ridículo do tipo ‘meu pai me ensinou a andar de bicicleta, a dirigir e a me barbear’. Não, meu querido pai me ensinou – não com palavras – uma coisa muito mais preciosa que isso: seja você mesmo, sem concessões. Não seja um puxa-saco, por mais que a vida lhe imponha isso. Nade contra a corrente com braçadas fortes.

Obrigado, Jouralbo. De um jeito ou de outro acho que aprendi a lição.’

— Do prefácio de Allan Sieber

NA KINGDOM COMICS por R$ 32,90

Ninguém me convidou

dezembro 9, 2010

Ninguém me convidou
Allan Sieber
Jouralbo Sieber

Ninguém me convidou é resultado da parceria de Allan Sieber com seu pai, Jouralbo Sieber. Os dois se uniram para recontar histórias e casos da vida de Jouralbo, desenhista da publicidade gaúcha dos anos 1940 até 1990.

‘Hoje, vejo claramente que, além de querer contar a(s) história(s) dele, eu queria fazer esse livro para ficar ao lado do meu pai e ouvi-las. […] Vendo suas histórias reunidas aqui sou obrigado a concluir que ele me influenciou muito mais do que eu imaginava.

Nossa vida não daria um filme hollywoodiano ridículo do tipo ‘meu pai me ensinou a andar de bicicleta, a dirigir e a me barbear’. Não, meu querido pai me ensinou – não com palavras – uma coisa muito mais preciosa que isso: seja você mesmo, sem concessões. Não seja um puxa-saco, por mais que a vida lhe imponha isso. Nade contra a corrente com braçadas fortes.

Obrigado, Jouralbo. De um jeito ou de outro acho que aprendi a lição.’

— Do prefácio de Allan Sieber

R$ 32,90
Autoria:
Allan Sieber
Allan Sieber é autor de quadrinhos, cartunista e animador. De 1996 a 1997 publicou a tira Bifaland no Caderno Zap, do jornal O Estado de S. Paulo. Editou e desenhou de 1993 a 1997 a revista em quadrinhos Glória, Glória, Aleluia, premiada em 1996 e 1998 com o Troféu HQ-Mix, o “Oscar” dos quadrinhos brasileiros. Em 1998 recebeu também o Troféu HQ-Mix de Desenhista Revelação.

Em julho de 1999 dirigiu e animou seu primeiro curta-metragem em 35 mm, “Deus É Pai”, premiado em importantes festivais como o de Gramado e o Animamundi. Em junho de 2000, finalizou seu segundo curta-metragem em animação, “Os Idiotas Mesmo” e, em 2001, dirige seu terceiro curta em animação , “Onde Andará Petrucio Felker?”, ambos sendo premiados e muito elogiados pela crítica.

Em 2000, juntamente com Otto …
Leia mais sobre este autor e veja outros títulos.
Jouralbo Sieber
Juralbo Sieber nasceu em 1930 em Porto Alegre, RS. Ilustrador, seu primeiro emprego foi na Editora Globo em Porto Alegre, nos anos áureos da editora. Depois, passou a trabalhar como desenhista e diretor de arte na publicidade gaúcha, carreira que seguiu até os anos 1990. Ninguém me convidou é sua primeira HQ. Antes disso participou na HQ Vida de Estagiário, de Allan Sieber, quando ilustrou a série de estagiários históricos, como Che Guevara, Jesus e Da Vinci….
Leia mais sobre este autor e veja outros títulos.

Formato / Composição:
ISBN: 978-85-7616-419-7
Formato: 21,5 x 27,5 cm
Codigo: RQ16419
Páginas: 112

Neste sábado dia 11 de dezembro – JAM session + lançamento Monstro Souza!

dezembro 7, 2010

Chega em Brasília a Jam Session que está produzindo a HQ coletiva “O crime do teishouku preto”. No dia 11 de dezembro, acontecerá uma maratona de doze horas em que desenhistas darão continuidade a esta história que não tem roteiro pré-definido.

O evento é uma produção do blog Facada Leite-Moça (www.facadaleitemoca.wordpress.com) e da Kingdom Comics (www.kingdomcomics.wordpress.com), que receberá os ilustradores na saga que se desenvolverá no coração do plano piloto, o Conic.

Ao mesmo tempo, será possível adquirir o romance ‘”fast food” O Monstro Souza, do maranhense Bruno Azevêdo, que fará uma sessão de autógrafos. Além de apreciar um pocket show da banda Valdez e comprar as publicações de Brasília produzidas em 2010.

Idealizado por Gualberto Costa e Daniela Baptista, que também produzem o Troféu HQMIX, o projeto Jam Session pretentende realizar uma única obra, em vários volumes, onde toda uma geração de desenhistas brasileiros participe, criando um importante registro dos grandes artistas da área.

O evento já esteve em São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, Belo Horizonte e já teve a participação Laerte, Gabriel Bá, Angeli, Jal, Rafael Coutinho, Fernando Gonsales, só para citar alguns. Uma parceria da HQMIX com a editora Devir deve lançar volumes da epopeia reunindo cento e cinquenta ilustradores em cada edição.

Release de Roberta do blog Facada Leite Moça

Arte de Caio para o JAM session

Calendário Pindura 2011 já a venda na Kingdom Comics!

novembro 17, 2010


Com o novíssimo aparato para contagem dos dias do ano™, você pode se orientar visualmente no tempo. Dividido em meses, semanas e dias, o exclusivo aparato para contagem dos dias do ano™ permite agendar compromissos, lembrar aniversários, descobrir feriados, planejar o futuro e riscar o passado.

Observação: infelizmente, os dias do ano não podem ser reutilizados.

O Pindura 2011 é a terceira edição do projeto, que dessa vez é diário e conta com a participação de 123 ilustradores, cada qual ilustrando três dias. O tema deste ano é elevador.

Valor:R$ 35,00

Kyra

novembro 9, 2010

Os mundos fantásticos sempre renderam bom divertimento para os amantes da literatura. Da Terra Média de J.R.R. Tolkien, passando pela Nárnia de C.S. Lewis, e chegando aos encantos do mundo mágico clandestino de J.K. Rowling, a ficção fantástica arrebanha milhões de fãs no mundo todo e vira objeto de culto por gerações.

Nos últimos anos, os mundos de fantasia ganharam um toque de brasilidade com o ingresso de novos escritores no mercado editorial. Nomes como André Vianco e Jorge Tavares são conhecidos representantes da fantasia nacional, e é esse nicho que Paula Dias Garcia pretende atingir com o romance Kyra.

A jovem escritora, de apenas quinze anos, nos apresenta, nas quase 350 páginas do livro, ao reino de Thargarem, uma terra habitada por elfos, ninfas e feiticeiros. É nesse mundo que vive Kyra, uma ninfa que, ao atingir a idade adulta, entra no Instituto Arcádia, uma instituição de ensino onde jovens selecionados aprimoram seus poderes. Enquanto Kyra inicia seus estudos, e sonha servir à corte real de Thargarem, seu amigo Aëron se envolve com a Resistência, um grupo que, historicamente, se opõe a realeza. Em lados opostos, os amigos se vêem diante de uma conspiração política, que pretende destronar a Rainha e assumir o comando do Reino.

Paula Dias Garcia se mostra segura e consciente do mundo que criou, ainda que algumas vezes tenda a esquecer que o leitor não o conhece tão bem quanto ela. Por exemplo, em determinado capítulo é revelado que existe um preconceito, ainda que velado, contra ninfos no Reino de Thargarem, preconceito esse compartilhado pela mãe de Kyra. Isso pega a todos de surpresa já que, em nenhum momento, esse preconceito é tratado no livro. Muito pelo contrário, Kyra é bem recebida em todos os lugares em que aparece.

Mas deixando de lado os entretantos, Kyra desenvolve bem sua história central, seja com boas pitadas de fantasia, seja com a inclusão de personagens interessantes como a feiticeira Tienne. Outra decisão acertada, é não limitar a narrativa ao ponto de vista da personagem-título. Dividindo a ação do livro entre Kyra e Aëron, Garcia consegue manter um bom ritmo durante toda a narrativa.

Deixando suas influências claras a todo momento, é impossível não associar o Instituto Arcádia ao castelo de Hogwarts, por exemplo, Kyra é um começo interessante para a jovem escritora. É mais um mundo de fantasia que enriquece a literatura nacional. E nós estamos precisando disso.

Áera 71 – Sua revista em quadrinhos com sangue, suor e grafite!

novembro 9, 2010

Áera 71 – Sua revista em quadrinhos com sangue, suor e grafite!
Nos dias 23 e 24 de outubro, ocorreu na cidade de Feira de Santana, na Bahia, o lançamento da revista em quadrinhos Área 71, durante o evento Feira Noise Festival, no Centro de Cultura Amélio Amorim.

Área 71 (formato americano, 48 páginas em preto e branco, R$3,50), é uma coletânea de HQs curtas de diferentes gêneros assinadas por vários autores baianos, como Antonio Cedraz (Turma do Xaxado), Hector Salas (O inferno são os outros), Marcos Franco (Penitência e Lucas da Vila de Sant’Anna da Feira), e uma nova geração de autores, como V.B. Felipe (que vem do mercado de audiovisual, com os curtas-metragem Romero e Erva Daninha), Marcelo Lima (Lucas da Vila de Sant’Anna da Feira e Kuei e a Senhora de Sárvar), Fabrício Campos, Rodrigo Vinicius e Ulisses Almeida.

A edição traz ainda um artigo do veterano jornalista baiano Gutemberg Cruz e um pôster feito por Wilson Jr.

Além disso, houve oficinas gratuitas de roteiro e desenho, ministradas pelos roteiristas Marcelo Lima e V.B. Felipe, e o desenhista Joel Santos.

Área 71 foi patrocinada pela Fundação Cultural do Estado da Bahia, pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, pelo Acarajé da Dinda, e pela RV Cultura e Arte.


Contatos: area71@area71.com.br
Acesse: http://www.area71.com.br/