Documentario do Laerte!

by

Um grande olá a todos!

Graças a correrias natalinas e doenças aproveitadoras, nossa coluna de novidades quentes dos quadrinhos está parada. Mas semana que vem ela volta com um apanhadão natalino especial!
Porém, hoje eu entrei em contato com um vídeo que procurava há muito tempo na net (graças a meu amigo Alex Vidigal que deu o toque) e resolvi burlar as ordens médicas para expô-lo aqui para vocês amigos da Kingdom Comics!
O vídeo é um documentário curta-metragem, realizado por André Gajardoni, Thiago Mattar, Guilherme Nasser, Laura Zanchetta e Poliana Rodrigues, com apoio de Denyse Cantuária.
O título do curta é LAERTE!
Um documentário feito com algumas entrevistas com autores famosos no Brasil sobre quem é e como o trabalho do Laerte influenciou e influencia até hoje o Brasil e os brasileiros.
“Perai Lima, Brasil e Brasileiros? Tá exagerando hein…”
Não, meus caros. Não estou.
Desde que Laerte estreou nos quadrinhos sindicalistas em sua época de comunista no final dos anos 70, até hoje, seu trabalho não parou de evoluir. Mestre do desenho, mestre do nanquim, mestre do humor. Muitas das suas histórias foram parar em programas de TV como TVPirata ou TVColosso. Isso só pra dizer o que ele fez fora dos gibis.
Dentro dos gibis a história é ainda melhor. Criador junto com Angelí e Glauco da revista Chiclete com Banana, revista que revolucionou o cartum brasileiro e trouxe a tona vários personagens inesquecíveis. Durante a Chiclete o Laerte lança a Piratas do Tietê, que inova já em seu formato e traria tiras que iam do humor bobo ao nonsense com ressalvas.
Depois Laerte se joga nos jornais onde está até hoje, com alguns álbuns esporádicos quando quer.
E é nos jornais que Laerte encontrou lugar para sua evolução como criador. Uma evolução que transcende o humor, ou convenções simplistas de começo, meio e fim. Suas tiras não contam mais histórias, mas transmitem sentimentos algumas vezes desconfortáveis, tensos, que no seu traço magistral, deixam um sabor de bem vindo.
É como se, depois de dominar a arte de se comunicar totalmente com o ser humano via quadrinhos, Laerte tivesse percebido que é hora de transmitir o que ele quer, sem meias palavras. Essa evolução espelha sua própria história de vida.
Abandonando qualquer ranço jornalístico no meu escrever, posso deixar clara minha opinião de que Laerte é o maior cartunista do mundo! Seus quadrinhos são permeados por uma qualidade que é rara de se encontrar em qualquer meio: humanidade.
Ai está mais uma coisa em que Laerte parece ser mestre… Mestre em humanidade.

Lima

Anúncios

Tags: , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: